UAlg requalifica três residências universitárias

A Universidade do Algarve iniciou, a 1 de junho, um conjunto de reformulações em três residências universitárias, cujo investimento total rondará os 3 milhões de euros, financiados pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) em cerca de 80%. 
Share
Universidade do Algarve
Universidade do Algarve
Universidade do Algarve
 

Todas as intervenções de renovação dos edifícios integram a preocupação de uma adequada preservação e valorização da preexistência, bem como a sua conjugação com a melhoria das condições de bem-estar e qualidade de vida dos residentes. A melhoria da qualidade de vida e da habitabilidade estarão sempre subjacentes a todas as intervenções, que também terão em consideração uma relação custo-benefício, no curto e longo prazo, e financeira.

Além do reforço estrutural, estas intervenções incidirão sobretudo no comportamento térmico e no aumento da eficiência energética, conciliando os objetivos de uma gestão racional do consumo de energia, de acordo com os princípios de eficiência energética, com a garantia de conforto e salubridade do edifício.

A reformulação das instalações sanitárias nas três residências também está contemplada. De forma a promover a eficiência hídrica, a UAlg, para além da intervenção em toda a rede de adução de água e rede de drenagem de águas residuais, pretende-se substituir os dispositivos de uso de água por outros mais eficientes, nomeadamente, a existência de economizadores de água nos chuveiros, lava-loiças e torneiras.

Em termos de sustentabilidade social, um dos objetivos é não só promover o respeito pela individualidade de cada residente, mas também a convivência entre si, com a adoção de espaços partilhados, como a existência de sala de convívio, de estudo e sala de refeições, promovendo a vivência em comum.

Com vista a providenciar alojamento de qualidade, a preços acessíveis, garantindo elevados padrões de bem-estar, esta fase de intervenções, que incidirá sobre 237 camas, contribuirá, assim, para dar uma resposta integrada e de longo prazo aos estudantes do ensino superior que se encontram deslocados do local da sua residência.

Visto que muitos estudantes já não têm atividades durante o mês de junho, e aproveitando as férias letivas (julho, agosto e primeira quinzena de setembro), a UAlg decidiu concentrar as referidas intervenções neste período, por forma a causar menos constrangimentos no normal funcionamento da vida académica. 

Todos os estudantes foram informados dos procedimentos em curso no início da celebração do contrato de arrendamento e foi garantido alojamento ou realojamento a todos os que dele necessitassem durante o mês de junho, sem qualquer custo adicional. Não se tendo concretizado a adjudicação para a realização das obras em duas residências, foi dado conhecimento aos estudantes que a partir de 1 de junho passariam a estar disponíveis 284 camas; tendo sido registados 156 pedidos de alojamento para o referido mês, estando à data de hoje ocupadas 96 camas.

 

Logotipos PRR

 

Relacionadas
A Faculdade de Ciências e Tecnologia deseja a toda a comunidade académica umas Boas Festas.
Share