UAlg assinala abertura do Ano Académico com concerto da Orquestra Clássica do Sul

A Universidade do Algarve vai assinalar a Abertura do Ano Académico 2022/23 com um concerto interpretado pela Orquestra Clássica do Sul, que terá início às 18h00 do dia 08 de outubro, no Grande Auditório Caixa Geral de Depósitos, no Campus de Gambelas.
Share
 

Para este concerto foram selecionadas duas sinfonias escritas por dois dos maiores compositores desta forma orquestral.

A primeira, de Joseph Haydn, Sinfonia nº 31 em Ré Maior, conhecida como “Toque de Trompa” (1765), mostra a sua esfuziante criatividade musical, que o leva a integrar nesta sinfonia vários solos para os instrumentos da orquestra, inclusivamente para o improvável Contrabaixo, quase como uma sinfonia concertante. A obra inicia com o inequívoco sinal da trompa, que dá à obra a sua popular designação Hornsignal.

A segunda, de Franz Schubert, a Quarta Sinfonia em Dó menor (1816), é composta em plena juventude do compositor e é designada de “Trágica” pelo próprio autor. Desconhece-se a razão de tal título, mas esta é a primeira das duas únicas sinfonias (a outra é a Sinfonia Incompleta) que Schubert escreveu no modo menor, tradicionalmente associado à ideia de tristeza e efeito dramático.

Duas obras contrastantes que nos lembram o movimento literário e artístico da Alemanha pré-oitocentista Sturm und Drang (Tempestade e Ímpeto), de Schiller e Goethe.

Programa

J. HAYDN (1732 – 1809)

Sinfonia nº 31 em Ré maior Hob.I:31 “Toque de Trompas”                    

F. SCHUBERT (1797-1828)     

Sinfonia nº 4 em Dó menor D. 417 “Trágica”

Consultar a folha de sala do Concerto aqui

Relacionadas
A Faculdade de Ciências e Tecnologia deseja a toda a comunidade académica umas Boas Festas.
Share