FAQs Mestrados

QUEM PODE CANDIDATAR-SE A MESTRADO?

Podem candidatar-se a mestrado:
- Titulares de uma licenciatura nas áreas do curso;
- Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a este processo;
- Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido, como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado;
- Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Faculdade, como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos.

Nota: verificar as condições de candidatura do curso pretendido.

COMO É FEITA A CANDIDATURA A MESTRADO?

A candidatura é feita em formulário próprio online.

QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA À CANDIDATURA A MESTRADO?

a. Curriculum Vitae (com os dados pessoais, académicos e profissionais)
b. Certificado de Habilitações, com a descriminação das classificações obtidas em cada unidade
Os candidatos fora da União Europeia terão de apresentar, no momento da matrícula, documento comprovativo da licenciatura, autenticado pelo consulado/embaixada de Portugal, no país onde obtiveram o grau.
c. Comprovativo de pagamento da taxa de candidatura, por transferência bancária ou Paypal
d. Cópia do BI, CC ou Passaporte (Facultativo)

EXISTE UM PRAZO PARA CANDIDATURA A MESTRADO?

Sim. Pode consultar na página do curso pretendido em (https://fct.ualg.pt/pt/cursos/mestrado).

QUEM PODE SER ORIENTADOR?

Pode ser orientador um doutor ou especialista de mérito reconhecido como tal pelo Conselho Científico, independentemente da respetiva origem ou nacionalidade.

QUANTOS ORIENTADORES POSSO TER?

No máximo dois orientadores, quer sejam nacionais, quer sejam nacionais e estrangeiros sendo que pelo menos um deve ter ligação contratual com a Universidade do Algarve ou ser membro integrado em Centro de Investigação da Universidade.

QUEM NOMEIA O(S) ORIENTADOR(ES)?

O Conselho Científico sob proposta da direção do ciclo de estudos, ouvido o mestrando.

POSSO INCLUIR/ADICIONAR UM NOVO ORIENTADOR?

Sim. Para o efeito deve enviar um requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Científico a solicitar e fundamentar a inclusão de um novo orientador. O requerimento deve vir acompanhado pelo parecer do novo orientador, bem como o parecer fundamentado do orientador atual.

POSSO MUDAR DE ORIENTADOR?

Sim. Pelo que necessita de enviar um requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Científico a propor a mudança de orientação. O requerimento deve ser devidamente fundamentado e acompanhado pela declaração do novo(s) orientador(es), bem como declaração do anterior orientador.

QUAL O PRAZO PARA ENTREGA DOS TEMAS DE DISSERTAÇÃO OU PROJETO OU ESTÁGIO DOS MESTRANDOS?

Até 15 dias úteis após o início do semestre, relativo à inscrição na unidade curricular de dissertação, projeto ou estágio, o Conselho Científico comunica à Divisão de Formação Avançada dos Serviços Académicos, a lista de temas e respetivos orientadores enviados pela Direção de curso.

Nos casos em que é exigido um plano de trabalho para a unidade curricular de “dissertação” o mestrando, após a inscrição na referida unidade curricular, tem um mês para entrega do plano de trabalhos à Direção de Curso.

POSSO ALTERAR O TÍTULO DA DISSERTAÇÃO?

Sim. O pedido de alteração do título da dissertação não carece de aprovação pelo Conselho Científico, no caso de o mesmo se enquadrar dentro do tema inicialmente proposto.
Assim, o orientador, aquando da submissão da dissertação a provas pelo aluno nos Serviços Académicos, deverá colocar no Parecer um texto semelhante ao abaixo:
“A dissertação com o título [titulo final] enquadra-se no tema/título [titulo inicial] inicialmente proposto pelo candidato.”

POSSO ALTERAR O TEMA DA DISSERTAÇÃO?

Sim, o mestrando pode a todo o momento alterar o tema da dissertação. Para o efeito terá de enviar um requerimento devidamente fundamentado dirigido ao Presidente do Conselho Científico da Faculdade, acompanhado pelo parecer do(s) orientador(es) também este(s) fundamentado.

QUAL A DURAÇÃO DO CICLO DE ESTUDO?

Os cursos de mestrado podem ter entre três a quatro semestres (90 ou 120 ECTS).

QUANTAS MATRÍCULAS POSSO EFETUAR?

Para a conclusão do mestrado o estudante pode efetuar, no máximo, quatro inscrições anuais, não sendo admitidos quaisquer adiamentos.

POSSO SUSPENDER O PRAZO DE CONTAGEM DO MESTRADO?

Sim, nos seguintes casos:
a. Maternidade e paternidade, nos termos da lei geral;
b. Doença grave ou doença epidemiológica ou infetocontagiosa impeditiva do desenvolvimento dos trabalhos;
c. Internamento hospitalar;
d. Qualquer outro facto não imputável ao estudante, desde que impeditivo do desenvolvimento dos trabalhos.

COMO PROCEDER PARA SUSPENDER A CONTAGEM DO PRAZO DO MESTRADO?

Quando a suspensão ocorre por um facto não imputável ao estudante, este deverá enviar um requerimento devidamente fundamentado dirigido ao Presidente do Conselho Científico a solicitar a suspensão do prazo, e indicar por quanto tempo é a suspensão. O requerimento deve vir acompanhado pelo parecer do(s) orientador(es) também este fundamentado.

Quando o motivo da suspensão se trata de maternidade, doença ou internamento hospitalar o pedido é feito na Divisão de Formação Avançada (DFA) dos Serviços Académicos.

POSSO CESSAR A SUSPENSÃO DO PRAZO DE CONTAGEM DO TEMPO?

Sim. O estudante pode a todo o momento fazer cessar a suspensão concedida, mediante requerimento dirigido à Divisão de Formação Avançada dos Serviços Académicos.

TENHO DE RENOVAR ANUALMENTE A INSCRIÇÃO NO MESTRADO?

Sim. Anualmente os mestrandos devem renovar a inscrição no ciclo de estudos de mestrado na Divisão de Formação Avançada dos Serviços Académicos.

NÃO CONSEGUI TERMINAR O MESTRADO DENTRO DO PRAZO, O QUE DEVO FAZER?

O estudante deve apresentar nova candidatura ao mestrado, podendo a formação anterior ser creditada.

POSSO REINSCREVER-ME NO MESTRADO?

Sim. Os estudantes que tenham interrompido os estudos, por anulação de inscrição ou falta de regularização da mesma e não tenham atingido os limites podem requerer a reinscrição junto da Divisão de Formação Avançada (DFA).

QUAL A NORMA PARA FORMATAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR DISSERTAÇÃO?

As normas para formatação e apresentação da dissertação, do trabalho de projeto ou de relatório de estágio, encontram-se definidas no Anexo I do Regulamento n.º 646/2016 - https://fct.ualg.pt/sites/ualg.pt/files/fct/regulamento_646_2015_regulam...

ESTOU EM CONDIÇÕES PARA REQUERER ADMISSÃO A PROVAS?

Para requerer admissão a provas públicas de defesa de dissertação, projeto ou de relatório de estágio, é necessário ter concluído, com aproveitamento, a totalidade das restantes unidades curriculares do curso, bem como ter a situação das propinas regularizada.

SUBMETI A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO NOS SERVIÇOS ACADÉMICOS, QUANTO TEMPO DEMORA ATÉ O JÚRI SER NOMEADO?

Até 30 dias úteis após a data de entrega do requerimento de admissão a provas de mestrado.

QUEM NOMEIA O JÚRI DE MESTRADO?

O júri é nomeado pelo Reitor mediante proposta do Conselho Científico da Faculdade, ouvida a Direção de curso.

QUAL A COMPOSIÇÃO DO JÚRI DE MESTRADO?

A composição do júri varia consoante o curso (mestrado ou mestrado integrado) que o estudante frequenta.

Para os estudantes de mestrado é aplicado o regulamento n.º 646/2015, em que o júri é constituído por:
3 a 5 membros, incluindo somente 1 orientador
O Presidente do júri é o Diretor de curso se integrar o júri e não for o orientador ou de entre os membros do júri, o da UAlg designado pelo Conselho Científico, exceto o orientador

Para os estudantes de mestrado integrado é aplicado o regulamento n.º 286/2012, em que o júri é constituído por:
3 a 5 membros, incluindo os orientadores (que não podem constituir maioria nem assegurar a presidência)
O Presidente do júri é o Diretor de curso, exceto se for o orientador ou de entre os membros do júri, o da UAlg de categoria mais elevada, exceto o orientador

 

Share Partilhar